Já começou o segundo Match de Improvisação do Festival IberoAmericano de Bogotá. Ele ocorrerá todos os dias, às 21h até o dia 4 de abril na Zona Verde CUR, Coliseo Cubierto Polideportivo do Compensar Ciudad Teatro.

O match de improvisação é um formato de jogos de improvisação criado por Robert Gravel e Yvon Leduc no Canadá, baseando suas técnicas nas investigações do mestre Keith Johnstone. Após várias experiências com improvisação entre um grupo de atores do Teatro Experimental de Montreal, surge a idéia de uma peça teatral que, como um esporte, fosse único e irreproduzível em cada representação. Em 1977 então se cria um espetáculo desportivo-teatral baseado no Hockey de gelo que com regras apropriadas e dentro de um marco adequado, cria um estado de competição. A LPI (Liga Profissional de Improvisação) de Ricardo Behrens, foi responsável pela popularização no gênero entre os españo hablantes.

O jogo se estabelece entre 2 equipes, em suas regras oficiais composta de 3 jogadores e 3 jogadoras e um técnico. Um árbitro e dois auxiliares cuidam para que o jogo transcorra dentro das normas. Cada partida tem duração de 90 minutos (3 tempos de 30 minutos, com intervalos de 1o minutos entre cada um dos tempos). Cada jogo de improvisação proposto pelo juiz deve delimitar o tema proposto para a improvisação, sendo essas:

1)Natureza da Improvisação:

Comparada: cada equipe joga o mesmo tema separadamente.

Mista: jogadores de ambos os times participaram do tema proposto.

2) Título da Improvisação

3) Número de jogadores

4) Duração da Improvisação

5) Estilo

Existem diversas normas a serem cumpridas e faltas são apitadas quando infringidas tais regras. A contagem de pontos se baseia no voto popular e pontos são perdidos à contagem das infrações cometidas por cada equipe.

As equipes que competirão nessa edição do Festival IberoAmericano de Bogotá 2010 são:

Colectivo Teatral Mamut (Chile)

Colectivo Teatral Mamut foi formado no ano de 2004 por Sérgio Domínguez, Juanita Urrejola, Nicolás Belmar, Mónica Moya e Mario Escobar. Francisco “Foco” Cerda acompanha com sua música desde sempre. Desde sua fundação até hoje, Mamut investiga profundamente a Improvisação como um espetáculo em si mesmo, e como ferramenta libertadora de espontaneidade e criatividade nas pessoas. Ao mesmo tempo, investiga os estilos teatrais como a Mimica, Clown e a Comedia del Arte.  Equipe de grande tradição na Improvisação Teatral Chilena, ano passado foi um dos anfitriões do Improfestin. Parte de sua equipe esse ano ganhou destaque pela participação do primeiro formato televisivo de improvisação teatral no Chile, no programa Los Improvisadores do canal Viax.

Complot/Escena (México)

Complot/ Escena é uma companhia de teatro multidisciplinar e independente. Ao longo de sua trajetória, desde sua fundação no ano de 2000, tem desenvolvido seu trabalho cênico profissional em dois principais tipos: improvisação e teatro de texto. A companhia em sua maioria é formada por artistas egressos do Colégio de Literatura Dramatica e Teatro de UNAM, e seus espetáculos tem como intenção não somente divertir, mas ter também uma boa dose de crítica social através do seu discurso.  Conta hoje com 7 diferentes espetáculos de impro estrelados, e o Improlucha é um dos trabalhos mais difundidos.

Improcrash! (Argentina)

Companhia argentina de improvisação. Seus atores tem formações variadas, participaram de diversos festivais de improvisação teatral. Tem trabalhado diversos formatos de improvisação e criou, em seu espetáculo, um novo conceito que envolve novas tecnologias sonoras e visuais.

Acción Impro (Colômbia)


Acción Impro nasceu há 10 anos quando Adriana Ospina, Catalina Hincapié, David Sanín, Gustavo Miranda e Ricardo España decidiram fazer um workshop de improvisação em suas carreiras de teatro na Universidade Antioquia. A partir daí começaram a investigar a técnica de impro, nova no país e criar espetáculos próprios para apresentar em diferentes teatros e bares da cidade. Hoje Acción Impro tem seu próprio teatro no Parque del Poblado, onde todas às quintas e sábados apresentam algum dos seus 7 espetáculos improvisados e seu novo trabalho La Escala Humana (não improvisado).

Abaixo um vídeo de uma das duplas de Catch que competiu no FESTIM 10 em Madrid no mês passado.

La Gata Impro (Colômbia)

Tradicional companhia de Improvisação Teatral, fundada em 1995 na Colômbia, foi a primeira daquele país. Trabalha com vários formatos de improvisação teatral desportiva e não desportiva e participou de diversos festivais de improvisação teatral em todo o mundo.

Jogand0 no Quintal (Brasil)


Uma das primeiras companhias de improvisação do Brasil, o Jogando no Quintal caminha para seu oitavo ano e é espelho para a nova safra de improvisadores brasileiros. O espetáculo que dá nome à companhia, é um jogo de improvisação de clowns . Hoje a equipe trabalha ainda com mais dois espetáculos de improvisação não desportivos, o Caleidoscópio e o Mágico de Nós. Já se apresentaram em diversos festivais internacionais, sagrando-se campeão da última edição do campeonato de Match do Festival IberoAmericano de Bogotá em 2008.

Os jogos serão:

Dia 29 de março Brasil (Jogando no Quintal) X Chile (Colectivo Teatral Mamut).

Dia 30 de março México (Complot/ Escena) X Colômbia (Acción Impro).

Dia 31 de março México (Complot/ Escena) X Argentina (Improcrash!).

Dia 1 de abril Brasil (Jogando no Quintal) X Colômbia (La Gata Impro).

Dia 2 de abril Colômbia (Acción Impro) X Chile (Colectivo Teatral Mamut).

Dia 3 de abril Argentina (Improcrash!) X Colômbia (La Gata Impro).

Dia 4 de abril FINAL.

Fica a nossa torcida para os mestres do Jogando no Quintal, que no Match de Improvisação do Festival IberoAmericano de Bogotá são o Brasil.

Anúncios